Manual para emigrantes

Cartilha do governo, lançada esse ano, em Brasília, traz dados sobre os riscos da migração irregular e os direitos e deveres dos brasileiros que moram fora do país

O ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, lançou no dia 15 de janeiro, em Brasília, a cartilha ‘Brasileiros no Exterior, Informações Úteis’.

A publicação pretende suprir, com informações relevantes como direitos e deveres, os brasileiros que pretendem se mudar para outros países para estudar ou trabalhar. O objetivo é conscientizar os emigrantes das dificuldades que serão encontradas no destino.

No formato pocket, com 72 páginas, a cartilha lista os telefones de todas as embaixadas e consulados brasileiros no exterior, explica as diferenças entre os vistos concedidos nas diversas regiões do mundo e alerta para a dificuldade de obtenção de vistos de trabalho em outras nações. A cartilha orienta também como os migrantes devem fazer remessas de dinheiro para o Brasil e traz conselhos e depoimentos de brasileiros residentes no exterior.

O manual destaca ainda que o emigrante precisa se informar sobre: as vacinas exigidas pelos outros países, seu sistema de saúde, os tipos de vistos que podem ser concedidos e a validade de cada um, o perigo de entrar clandestinamente no país, a atenção às propostas de emprego para não viver um pesadelo, os órgãos que devem ser procurados em caso de emergência e as dificuldades mais comuns, entre outros temas.

A distribuição gratuita do informe será feita em parceria com a Polícia Federal de maneira estratégica em aeroportos, associações de brasileiros no exterior, postos de expedição de passaporte e órgãos públicos, entre outros locais. A tiragem inicial será de 100 mil exemplares. 4 milhões fora do Brasil
De acordo com dados do Ministério das Relações Exteriores existem, atualmente, cerca de quatro milhões de brasileiros vivendo no exterior, sendo a maioria composta por trabalhadores.

Grande parte migra desconhecendo os procedimentos para obtenção de vistos de trabalho, seus direitos e deveres em outros países, além dos riscos das migrações feitas de forma irregular. Segundo informações da cartilha, um dos aspectos mais evidentes da globalização é o grande fluxo de pessoas entre países e hemisférios.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que existam cerca de 200 milhões de migrantes em todo mundo. No Brasil, o movimento migratório teve início na década de oitenta. A partir da década de noventa, o movimento foi intensificado, gerando um fluxo migratório crescente, em especial, para os Estados Unidos, Paraguai, Japão e diversos países europeus.

Além das dificuldades de adaptação, os migrantes em situação irregular acabam sofrendo pela discriminação étnica e o medo de serem deportados potencializa as barreiras enfrentadas por eles.

Por esses motivos, Carlos Lupi disse que o ministério quer aumentar o auxílio para os brasileiros que moram no exterior. “Muitos brasileiros que vivem no exterior são apátridas, porque vivem sem o reconhecimento de sua família e filhos. Muitas vezes ficam no exterior sem o esclarecimento dos seus direitos. Esse é só um começo. Quero inaugurar pelo menos cinco casas de trabalhadores no exterior ainda nesse ano.

Na Itália, já estão adiantadas as conversas.” O ministro citou ainda Portugal, Estados Unidos e Japão como futuras sedes dessas casas que atenderiam os interesses de trabalhadores brasileiros no exterior.

*Com informações do site do Ministério do Trabalho e do Emprego: www.mte.gov.br Para acessar a cartilha na versão online acesse: http://www.mte.gov.br/trab_estrang/brasileiros_exterior_informacoes_uteis.asp

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...



10 thoughts on “Manual para emigrantes

  1. Ailton Fernades

    Se vc anda com a cabeca cheia de coisas sobre imigracao, deportacoes, se o seu coracao esta cheio de duvidas por nao ter alguem que te ajuda ou te orienta, entao eu quero te oferecer o meu email para contatos. Apenas tenho alguma experiencia e gosto da sinceridade, como todos, e procuro ser amigo. Vivo aqui com a minha familia e tenho ajudado algumas pessoas quando posso, assim como fui ajudado por outros. Desejo um bom dia para voce e acredite, o seu amanha sera melhor ainda…

    responder
    1. manoel alves de oliveira

      bom dia,
      pode me orientar sobre moradia e trabahlo
      não escolho trabalho pego qualquer
      sou profissional de marinha mercante

      desde já brigado

      responder
  2. elba

    ola gostaria de saber se a algum impecilio se eu for para a inglaterra visitar um amigo,gostaria de ficar pelo menos uns 4 meses,vou ficar na casa dele e ele vai me mandar uma carta convite para quando eu chegar ai não ter problemas…existe mais alguma coisa que eu possa levar,tipo documento para que eu não corra o risco de me mandarem de volta..e ele vai para o aeroporto me esperar isso ajuda em alguma coisa? obrigado.

    responder
  3. Vitória de Azevedo

    Meu irmão mora em Cambridge a 4 anos,ele é casado com uma polonesa,trabalha de segurança,etc..!
    eu to querendo ir no fim do ano morar com ele,no intuito de estudar!
    o que eu preciso pra tirar o visto de permanencia?
    tem a possibilidade do visto ser negado?
    me diz aii o que eu realmente preciso fazer!
    Abraços!

    responder
  4. gustavo

    oi sou brasileiro e vou me casar em um mes com uma polonesa.,estamos pensando em ir pra inglaterra quero saber oque devemos fazer quando chegarmos lá e se realmente um brasileiro casando com uma polonesa tem livre acesso na inglaterra

    responder
  5. Mrs Brazil

    Gustavo,se vc esta no brasil procure o CONSULADO BRITANICO depois do casamento vc precisa solicitar seu visto de residencia,brasileiros casados com menbros da UE.Sem visto nao se tem acesso livre.Boa sorte

    responder
  6. dayana ribeiro savi

    ola.vamos pra londres no fim do ano para morar,trabalhar;eu e meu marido.somos casados legalmente as 13 anos.porem meu mariod tem a cidadania,eu nao.quando estivemos na alemanha pode estar legal apenas com a certidao de casamento traduzida pro alemao.la chegando obitive a carta verde,que seria uma permissao de estar legal no país.gostaria de saber s pra eu estar em londres e poder trabalhar numa boa…tambem posso estar levando a traducao em ingles de casamento.obrigada.

    responder
  7. manoel alves de oliveira

    Quem pode me ajudar, tenho dupla cidadania e estou me preparando para morar na Inglaterra setembro 2012.
    Estou presizando de contatos para moradia pode ser um quarto até com mais pessoas dividindo.
    E contatos para trabalhar não escolho cozinha seria melhor.

    Quem puder me ajudar com essas Informações sou eternamente grato.
    meu fecebook manoelbiomar@gmail.com

    responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *